fbpx

Black Friday, conheça sua história e saiba como não cair em descontos falsos

| Luiz Augusto • 01/11/19

A Black Friday já é uma das datas de maior venda do ano no calendário dos e-commerces e lojas físicas de todo o mundo, juntamente com o natal e datas comemorativas como o dia das mães. Nesse ano, o Brasil terá pela décima vez o tão esperado dia de super descontos no mercado de lojas físicas e online.

Muitos dizem que este nome teria sido apenas uma ironia a outras datas apelidadas pela expressão, outros dizem que o termo vem de “In The Black” que é o termo equivalente a “no azul”, utilizado quando as contas de uma empresa fecham em lucro. Outra versão é a de que os policiais apelidaram este dia dessa forma devido a bagunça causada pelas pessoas em busca de descontos.

A confirmação deste dia como a data das maiores promoções do comércio e o apelido de Black Friday surgiu na Filadélfia e as promoções estão diretamente ligadas ao dia de ação de graças ou “Thanksgiving”, feriado nacional americano que ocorre na última quinta-feira do mês de novembro. Nesse dia, as pessoas agradecem por tudo o que conseguiram no ano, reúnem a família e fazem algumas receitas especiais. Nos Estados Unidos, a Black Friday sempre ocorre no dia seguinte ao feriado, pois grande parte da população norte-americana costumava emendar a sexta feira ao feriado e então, desde sempre, este foi um dia importante para a retomada do varejo.

No Brasil, a Black Friday surgiu em 2010 e de lá pra cá muitas empresas foram desvendadas por darem o famoso jeitinho brasileiro e venderem tudo pela metade do dobro do preço. Então, se você está pensando em comprar ou vender algo nesta data, a Cetro preparou algumas dicas que podem otimizar esta experiência.

Para o consumidor

Apesar de ser uma data muito interessante para quem deseja comprar algo com bom preço, em todos os anos existem casos de descontos falsos e até mesmo de aumento dos preços de alguns produtos já que a divulgação e a procura nesta época é maior.

Por isso, para não cair na famosa “Black Fraude”, existem algumas ferramentas:

  • Utilize sites de rastreamento de preços como o Buscapé e o Baixou Agora;
  • Utilize extensões do navegador que verificam a segurança do site;
  • Fique atento a lista do PROCON antes de efetuar a sua compra em uma loja online;
  • Atente-se a e-mails enganosos e links em grupos de WhatsApp;
  • Desconfie de ligações em seu celular e mensagens SMS.

Se o que você procura é por descontos reais, escolha sempre empresas líderes de mercado, especialistas e confiáveis. Empresas deste porte tem uma imagem a ser preservada e dificilmente inventarão descontos inexistentes para ganhar vantagem.

 

Para quem vai vender

Quem deseja vender produtos na Black Friday tem uma tarefa difícil já que deve brigar por descontos maiores e uma divulgação também maior de seus produtos, comparando a seus concorrentes diretos. O vendedor também precisa ter diferenciais e encontrar meios de aumentar sua margem de lucro, à medida que seu produto ficou mais barato devido aos descontos.

Algumas saídas interessantes para quem produz e deseja vender muito na Black Friday são:

  • Aumentar a produtividade com máquinas que tornam seus processos automáticos;
  • Investir em publicidade e divulgação;
  • Fazer descontos reais em seus produtos;
  • Aumentar a venda com a inserção de combos de produtos que podem ser utilizados em conjunto ou que tenham o mesmo público alvo;
  • Sempre se manter atento a seus concorrentes diretos.

Fique ligado no site da Cetro e não perca nenhum dos nossos descontos e para mais dicas como esta, acesse o blog da Cetro e não perca nenhum dos nossos conteúdos.

Cadastre-se em nossa newsletter e fique sabendo das novidades em seu e-mail!