fbpx

Tipos de Plásticos e Embalagens para Seladoras

| Julia Marques • 20/04/21

As embalagens influenciam na decisão de compra dos consumidores, que consideram a proteção dos produtos e as informações presentes.

Dessa forma, a maioria dos clientes compreende a embalagem e o seu interior como um único objeto. Ou seja, a qualidade do produto e da embalagem são igualmente importantes no momento da compra.

Por isso, apresentamos os principais tipos de plásticos utilizados para embalar alimentos e suas respectivas aplicações.

Acompanhe o artigo e aproveite para tirar suas dúvidas.

Plástico Termoencolhível Poliolefínico – PTEF

O Plástico Termoencolhível Poliolefínico é conhecido pela sua característica de encolher ao ser exposto à altas e controladas temperaturas, se adequando ao formato do produto, perfeito para embalagens irregulares.

Além disso, é atóxico, possui alta transparência e é produzido através de um sistema que confere maior resistência ao material.

Portanto, é ideal para embalar com clareza e resistência, pois conta com uma barreira contra odores, não sendo prejudicial à saúde. No caso de produtos congelados, o material não irá rasgar ou rachar, mantendo a qualidade do produto ao descongelar.

Outra vantagem é não deixar resíduos na barra de corte das seladoras, garantindo a integridade do equipamento e soldagem perfeita.

ONDE UTILIZAR: Seladora em Conjugada em L, Túnel de Encolhimento e Seladora em L

Policloreto de Vinila – PVC

O PVC – Policloreto de Vinila é o segundo tipo de plástico mais utilizado do mundo, ficando atrás apenas do Polietileno (PP). Trata-se de um material obtido a partir de 57% do sal e outros 43% de fontes não renováveis, como o petróleo e o gás natural.

Além disso, o PVC é um material atóxicoleve, resistente, impermeável, estável e que não propaga chamas. Ele possui qualidades que o tornam adaptável a múltiplos usos, sendo o único plástico utilizado para a fabricação de bolsas de sangue.

Mas também é um plástico rígido, transparente e versátil, muito utilizado em embalagens de maioneses e sucos. Outra vantagem do material é sua resistência química às substâncias, como aos ácidos, álcoois, bases, óleos e também a diversos hidrocarbonetos.

ONDE UTILIZAR: Seladora em L e Seladora de Indução

Polietileno – PE

O Polietileno é um plástico pertencente à categoria dos termoplásticos, ou seja, os que podem ser reciclados. Conhecido como PE, ele é bastante utilizado na fabricação de diversos produtos e pode ser subdividido em grupos segundo sua densidade, são eles:

PEAD – Polietileno de alta densidade

Essa variação de polietileno apresenta ótima flexibilidade, sendo resistente e com ótima estabilidade térmica e química, sendo muito utilizado na confecção de garrafas e potes.

PEMD – Polietileno de média densidade

Já o polietileno de média densidade é bastante utilizado nas indústrias alimentícias, de plásticos injetáveis e têxteis. É uma excelente opção para realizar a cobertura de fios e cabos de energia e telecomunicações. Além disso, possui características protetivas que garantem resistência à fotodegradação e elevado grau de absorção UV.

PEBD – Polietileno de baixa densidade

Através das suas propriedades físico-químicas, é utilizado na produção de embalagens agrícolas, industriais, para alimentos, filmes laminados, brinquedos e até para produtos farmacêuticos e hospitalares.

Portanto, as moldagens realizadas a partir desse material geram produtos para diversos segmentos da indústria, desde as embalagens plásticas mais flexíveis, como caixas de leite, embalagens de sabão em pó, engradados, até tubos flexíveis com alto desempenho, como a condução de cabos de eletricidade.

ONDE UTILIZAR: Seladora Robusta, Seladora Manual, Seladora Automática Contínua e Seladora de Indução Automática

Polipropileno – PP

Conhecido como Polipropileno, o PP é um polímero termoplástico produzido a partir da polimerização do gás propileno ou propeno.

Além disso, é um plástico atóxico que pode ser moldado ao ser submetido à altas temperaturas, sendo classificado como um termoplástico.

Dessa forma, o PP é um tipo de plástico claro e transparente, sendo muito versátil, afinal, é ideal para embalar produtos expostos aos olhos do consumidor, mesmo dentro da embalagem.

Por isso, graças ao baixo custo, pode ser utilizado nos mais diversos segmentos, principalmente na fabricação de embalagens flexíveis, sacos para grãos ou fertilizantes, brinquedos, copos plásticos e até peças automotivas.

ONDE UTILIZAR: Seladora Robusta, Seladora Automática Contínua, Seladora Manual e Seladora de Indução Automática

Polipropileno Biorientada – BOPP

O BOPP é a sigla para o termo bi-axially oriented polupropylene, que, traduzido para o português, significa película de polipropileno biorientada.

O Polipropileno é um filme conhecido como polímero termoplástico. Trata-se de um material derivado do petróleo e é amplamente utilizado na indústria em embalagens e rotulações. Biorentado significa que o material é orientado para dois sentidos. Ou seja, ele é estirado em dois sentidos ao ser confeccionado, garantindo mais rigidez e resistência à tração.

Por isso, esse material oferece resistência à altas temperaturas. Fator que o torna ideal para a fabricação de embalagens flexíveis do ramo alimentício, pois protege o produto contra os gases, umidade e variações de temperatura.

Logo, ele também é um plástico leve e fácil de manusear. Você pode encontrar o BOPP em embalagens de salgadinhos, sopas instantâneas, barrinhas de cereais, biscoitos e vários outros produtos.

Em geral, as embalagens com filme BOPP são coloridas por fora e tendem a serem metalizadas por dentro. Entretanto, podem ser transparentes, foscas ou opacas também, tudo varia conforme o produto embalado.

ONDE UTILIZAR: Flow Pack, Seladora Automática Contínua e Seladora de Indução Manual

Poliestireno – PS

O poliestireno, ou PS, é um plástico mais leve, brilhante e com capacidade de isolamento térmico, polimerizado através do estireno (vinil benzeno).

Logo, o PS, é um polímero sintético de adição versátil e pode ser utilizado de 3 maneiras: poliestireno comum (cristal), poliestireno de alto impacto ou isopor.

Dessa forma, é um material mais barato, aplicado na fabricação de produtos descartáveis transparentes. Além disso, pode ser utilizado na confecção de embalagens em geral, como potes de sorvetes e doces, tampas, copos descartáveis e outros.

No dia a dia, um dos tipos de poliestireno mais conhecido é o isopor, obtido após o aquecimento com substâncias gasosas que incham o material, tornando-o mais leve. Assim, o isopor pode ser utilizado como isolante térmico ou mesmo como embalagem descartável para produtos quentes.

ONDE UTILIZAR: Seladora de Pedal com Temporizador, Seladora Automática Contínua e Seladora Automática Contínua Robusta

Polietileno Tereftalato – PET

O Polietileno Tereftalato, mais conhecido como PET, é um tipo de plástico formado por ácido tereftálico e o etileno glicol. Esse material costuma compor frascos, garrafas e embalagens para uso alimentício ou hospitalar, cosméticos, filmes para áudio ou vídeo e fibras têxteis.

A embalagem de PET vem se mostrando ser ideal para a indústria de bebidas, pois reduz os custos com o transporte, evitando desperdícios na produção e na distribuição.

Dessa forma, acaba sendo um material muito utilizado por ser leve, transparente, barato, reciclável e apresentar barreiras contra gases e odores.

O PET oferece alta resistência contra impactos, suportando o contato com agentes agressivos. Por isso é capaz de conter diversos produtos com higiene e segurança tanto para o produto, quanto para o consumidor.

Além disso, é o plástico mais resistente para a fabricação de garrafas e embalagens para refrigerantes, águas, sucos, medicamentos, cosméticos, produtos de higiene e vários outros.

ONDE UTILIZAR: Seladora Robusta, Seladora Automática Contínua e Seladora de Indução Automática

Nylon Poli

O plástico Nylon Poli é frequentemente utilizado em embalagens a vácuo, em que o objetivo é retirar todo o ar ao redor do produto durante a selagem.

A embalagem em Nylon Poli aumenta o tempo útil do produto embalado e evita acúmulo de soro. Assim, protege e conserva os produtos que necessitam de vácuo através de suas barreiras de proteção.

Dessa forma, o tempo de conservação do produto é ampliado, além de diminuir o risco de contaminação e espaço ocupado no armazenamento dos alimentos. Assim, esse plástico contribui para facilitar a exposição da embalagem no local de venda, preservando a vida útil do alimento ali condicionado.

Além disso, o Nylon Poli é comumente utilizado em diversos segmentos, em especial do ramo alimentício, ao embalar com qualidade produtos como: carnes, peixes, linguiças, frios, embutidos, café, frutas, legumes, pizzas e diversos outros.

Entre os benefícios do material, podemos destacar: alta resistência a cortes, evita a perda de líquidos dos alimentos e possui ótima barreira contra óleos e gorduras. Dentro das possibilidades de utilização desse material, temos dois tipos de embalagens, cada uma para um tipo de produto. Confira:

EMBALAGEM LISA

As embalagens lisas para vácuo da Cetro são produzidas com alta tecnologia em Nylon Poli, seguindo padrões de qualidade internacional. Além disso, são livres de bisfenol A, possuem 12 micras, 3 barreiras de proteção e funcionam com qualquer seladora a vácuo que aceite embalagens lisas (sem ranhuras).

ONDE UTILIZAR: Seladora Vácuo Portátil, Seladora Vácuo de Câmara, Seladora Automática Contínua e Seladora a Vácuo de Dupla Câmara

EMBALAGEM GOFRADA

As embalagens gofradas para vácuo da Cetro são produzidas com alta tecnologia em Nylon Poli, seguindo padrões de qualidade internacional. Além disso, são livres de bisfenol A, possuem 12 micras, 3 barreiras de proteção e funcionam com qualquer seladora a vácuo que aceite embalagens gofradas (com ranhuras).

ONDE UTILIZAR: Seladora a Vácuo Portátil Minivac e Seladora Vácuo Profissional Propack+

Plástico para Plastificação

Também chamado de Pouch Film, esse plástico possui em sua composição uma base de Poliéster, possuindo no lado interno da sua folha plástica uma camada de cola (EVA), que é ativada através do calor.

Por isso, ao ser inserido em uma Plastificadora, com temperaturas a partir de 110º, adere ao papel e, posteriormente, os rolos de pressão fazem o trabalho final, finalizando o processo de plastificação.

A plastificação é adequada tanto para uso pessoal como empresarial, oferecendo ao produto um acabamento profissional. Afinal, o material é transparente e pode ter um toque brilhoso, dependendo do tipo utilizado. Algumas opções de mercado contam até mesmo com o corte adequado, no tamanho necessário.

Mas, para obter um melhor resultado, opte pelo tipo que ofereça resistência ao calor, à água e aos raios UV. Dessa forma, é possível garantir que o item plastificado dure mais, preservando sua qualidade.

ONDE UTILIZAR: Plastificadoras

Papel Grau Cirúrgico

Por fim, o papel grau cirúrgico é um plástico desenvolvido para esterilização em ambientes sujeitos à proliferação de bactérias. Produzido através de um filme laminado com sistema BOPP, que permite a abertura sem rasgar e liberação mínima de fibras.

Além disso, permite a entrada do agente esterilizante e saída do ar, aumentando a durabilidade da esterilização. Ou seja, apresenta vedação facilitada pelo processo de selagem, minimizando as chances de contato com micro-organismos.

Assim, o papel grau cirúrgico pode ser utilizado para esterilização de instrumentos médicos, odontológicos, veterinários e também de estética.

ONDE UTILIZAR: Seladora de Pedal, Seladora Robusta e Seladora Automática Contínua

Ficou com alguma dúvida? Entre em contato com o nosso time de especialistas e consulte qual a embalagem ideal para a sua seladora.

E se você quer empreender com os equipamentos corretos e contar com uma assistência completa para qualquer lugar do país, saiba que a Cetro oferece soluções completas para automatizar sua produção de maneira prática e rápida.

Continue acompanhando o Blog da Cetro para novos conteúdos que podem contribuir com seu crescimento pessoal, profissional e empresarial.

Cadastre-se em nossa newsletter e fique sabendo das novidades em seu e-mail!