fbpx

Você sabe o que é Indústria 4.0?

| Julia Marques • 03/03/21

O termo Indústria 4.0 é utilizado para caracterizar tudo o que há de moderno para produção dos bens de consumo, como automação, inteligência artificial e internet das coisas.

O avanço da tecnologia é inevitável e, por isso, devemos sempre estar em constante aprendizado.

No artigo abaixo vamos mostrar a importância de estar antenado nesse assunto tão importante para todos nós.

Indústria 4.0: o que é?

A Indústria 4.0 é um conceito que leva inovação tecnológica para a produção. Esse movimento permite o melhor controle da informação e automatização dos processos, facilitando o trabalho dos funcionários e acelerando o ritmo produtivo.

Apesar da ciência proporcionar grandes benefícios para a sociedade, o uso da internet e automação nos processos são o centro da nova fase industrial. As máquinas estão mais informatizadas, permitindo um desempenho autônomo e com pouca influência humana.

Processos automáticos

A Indústria 4.0 foca na inovação e a tendência é caminhar para um mundo cada vez mais tecnológico, redescobrindo novas formas de gerir processos.

O trabalho humano ainda é necessário, mas foi realocado para outras atividades, permitindo, por exemplo, que os funcionários realizem tarefas como o gerenciamento de estoques e controle das máquinas.

Entretanto, empreendimentos que continuam com a produção manual já encontram dificuldades para se ajustar ao mercado. Por isso, não é possível ignorar a automatização da produção. Afinal, diante da velocidade produtiva, quem oferta produtos de qualidade ganha espaço.

Imagine que sua produção não é apenas automatizada, mas todas as máquinas estão interconectadas dentro de um sistema. Com uma “fábrica inteligente” você monitora todos os processos em tempo real e toma decisões efetivas.

Logo, a Indústria 4.0 é um marco na história da humanidade, mas sempre há como evoluir.

Confira: Como a automação aumenta a produtividade da sua empresa?

A Indústria 4.0 no Brasil

O movimento de modernização está iniciando no Brasil. As empresas continuam associadas aos tradicionais modelos de produção, pouco sofisticados e dependentes de processos manuais.

Apesar disso, a pesquisa da Fiesp indica que o conhecimento das empresas de foco industrial sobre a indústria 4.0 está em crescente. Muitos gestores veem o conceito como uma oportunidade, e não risco.

Ou seja, a tendência é que a indústria 4.0 se inclua gradualmente nas empresas, conforme o preparo para investir e necessidade de inovar de cada um.

Segundo a Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI), a aderência à indústria 4.0 poderá acontecer de forma gradual, assim, estima-se que, em até 10 anos, 15% das empresas já tenham o conceito inserido em suas atividades.

Lei mais: Automação e aumento da margem de lucro 

As 8 etapas da Indústria 4.0 no Brasil

Portanto, a jornada em busca da atualização do setor produtivo brasileiro deve se basear em oito etapas:

Sensibilização: é a difusão do conhecimento acerca do tema, buscando conscientizar os empresários e investidores a real necessidade de modernização dos processos.

Financiamento: criação de linhas de crédito especiais, voltadas para a modernização das plantas produtivas, produção de máquinas ou sistemas, o BNDESe FINEP são exemplos dessa iniciativa.

Avaliação da oportunidade de negócio: além disso, é importante oferecer uma plataforma que avalie as dimensões tecnológicas, organizacionais e estratégicas para saber quais são os passos rumo à transformação das indústrias.

Fábricas do futuro: esses ambientes são ideais para testes de soluções inovadoras e diferentes, que estarão disponíveis para as indústrias testarem novas tecnologias.

Mercado de trabalho: a Agenda prevê a formação inicial de professores de educação profissional e tecnológica em indústria 4.0, além de capacitar alunos da educação profissional e tecnológica.

Conexão startups-indústrias: desenvolvido pela ABDI, o programa Startup Indústria 4.0 propõe que startups recebam investimentos visando criar soluções e mudanças para as indústrias brasileiras.

Comércio internacional: engloba a inclusão do tema indústria 4.0 nos acordos comerciais em que o Brasil faz parte buscando a redução de impostos para facilitar a entrada de novas tecnologias, como os robôs industriais.

Revisão de normas: esse tópico aborda a aprovação e atualização das normas nacionais para impulsionar a modernização e digitalização das indústrias.

Benefícios da Indústria 4.0

Os benefícios adquiridos com a implantação da Indústria 4.0 são diversos.

Afinal, o uso das tecnologias permitiu aumentar, em 22%, a capacidade produtiva de empresas dos variados segmentos.

Entretanto, muitos empreendedores acreditam que o conceito busca falar de ferramentas complexas e altos investimentos, no qual somente grandes empresas possuem acesso ao novo modo de produção.

Por isso, antes de investir na modernização dos processos, é preciso um planejamento adequado com a realidade da sua empresa.

Dessa forma, a implementação da Indústria 4.0 poderá acarretar em uma grande redução dos custos de produção,  sem interferir no seu orçamento.

Novas atividades da Indústria 4.0

Com a consolidação da Indústria 4.0, novas políticas industriais serão exigidas. Entre elas, destacamos:

  • Redução das vantagens comparativas, com a possibilidade de redefinir localização e investimentos produtivos;
  • Ampliação da cooperação entre agentes econômicos, através de operações mais integradas;
  • Reforço da competitividade entre os sistemas produtivos, que incluem empresas, fornecedores, clientes e também o ambiente;
  • Definição de novos modelos de negócios e inserção nos mercados;
  • Ampliação da escala dos negócios;
  • Surgimento de novas profissões, que demandarão adaptações.

Você pode aumentar seu potencial através de processos automatizados, garantindo eficiência e maior produtividade dos resultados. Nesse sentido, as máquinas da Cetro podem fazer a diferença na sua produção. Como as Empacotadoras, que podem ajudar a reduzir custos e a mão de obra da sua empresa.

Leia mais: A importância das empacotadoras para o ramo alimentício

Como se preparar para a indústria 4.0?

A Indústria 4.0 está relacionada às inovações tecnológicas e as empresas devem investigar as tendências de se integrarem.

Se você deseja preparar sua empresa para o futuro da Indústria 4.0, acompanhe nossas dicas:

Avalie as necessidades da sua empresa

Você precisa fabricar mais produtos em menos tempo? Na era da Indústria 4.0, identificar áreas de melhoria é o primeiro passo para obter mais benefícios da revolução.

Identifique o papel da automação

Se você faz parte de uma pequena empresa, provavelmente pensa que a Indústria 4.0 não atende às suas necessidades. Mas antes de rejeitar o conceito, considere os benefícios:

  • Computação e processos controlados;
  • Informações em tempo real sobre os estágios do desenvolvimento de produtos;
  • Otimização da operação.

Eduque sua força de trabalho

Em todas as fases no processo de mudança, tenha certeza de que seus funcionários sejam instruídos das novas operações. Isso irá garantir uma transição suave, com menos estresse, reduzindo os erros.

Leia mais: Como uma máquina pode agregar valor a sua produção? 

E se você quer empreender com os equipamentos corretos e contar com uma assistência completa para qualquer lugar do país, saiba que a Cetro oferece soluções completas para automatizar sua produção de maneira prática e rápida.

Continue acompanhando o Blog da Cetro para novos conteúdos que podem contribuir com seu crescimento pessoal, profissional e empresarial.

Cadastre-se em nossa newsletter e fique sabendo das novidades em seu e-mail!